27º Domingo do Tempo Comum, ano A.

Informações básicas:
– A vinha do Senhor;
 – Oração – Deus perdoa o que nos pesa na consciência;
– Is 5, 1-7; Sl 79; Fp 4, 6-9; Mt 21, 33-43.

Arrendou a vinha a outros vinhateiros.

H27-domingo-comumoje o evangelho que nos é proposto é a última das três “parábolas da Vinha” que encontramos no evangelho de São Mateus. Esta última parábola também é encontrada nos outros sinóticos.  Mais uma vez, Jesus conta uma parábola aos sumos sacerdotes e aos anciãos do Povo (ricos latifundiários). Na estória, encontramos alguns agricultores que se rebelaram contra o dono da Vinha. Eles não pagam o arrendamento, isto é, o aluguel das terras. Então, agridem os empregados enviados para cobrar os frutos, até matam um deles a pedradas. Chegando ao cúmulo de matar também o filho do dono da Vinha! Fato como este, encontrar agricultores explorados e revoltosos não era incomum em Israel. Os ricos (como os destinatários da parábola) eram donos de vinhedos arrendados.

Jesus sendo, um mestre quem sua pregação e ensinamentos defendia os pobres (como os agricultores explorados por ricos latifundiários), os sumos sacerdotes e os anciãos do Povo pensavam que era esse o objetivo da parábola. Ao fim da parábola, eles são questionados: “o que o dono da Vinha fará com esses vinhateiros?”

Como a resposta dura buscavam agredir Jesus, mas, acabam por impor sobre si mesmos a própria condenação.

E utilizando a própria Escritura, Jesus lhes explica que não são eles “o dono da Vinha”, mas, sim, os vinhateiros Rebeldes. São os que administram a vinha, porém, não damos frutos ao dono, ou seja, a Deus. Sendo eles os perversos que merecem morte violenta, contudo, Deus não agir assim. Na mesma parábola Jesus anuncia o seu próprio fim. Poucas semanas após este episódio, Jesus será entregue à morte e os sumos sacerdotes e chefes do Povo perderão o controle da Vinha, isto é, do Reino de Deus. Nós, como Igreja, nos foi entregue o controle da Vinha (do Reino de Deus). E o Senhor espera que nós produzimos frutos e lhe entreguemos esses mesmos frutos a seu tempo. Os frutos que Deus espera que produzamos são frutos de Justiça e frutos de Amor-Caridade aos irmãos.

Na primeira leitura de hoje, extraída do livro do profeta Isaías, o Profeta canta o cântico da Vinha de um amigo. Na linguagem do antigo Israel “plantar uma vinha” significa “constituir família”; “trabalhar pela vinha” é o mesmo que “cortejar” ou “paquerar” uma pretendente. E o amigo não obtém resultado, senão frutos selvagens, uvas acerbas. “A vinha do senhor dos exércitos é a casa de Israel”. Deus esperava a justiça e veio somente injustiça, ele esperava obras de bondade e veio apenas iniquidade. Já 700 Anos a.C., o Profeta censurava o povo pelo mau comportamento diante de Deus. Também não salmo de hoje o Salmo 79 encontramos a mesma afirmação: “a vinha do senhor é a casa de Israel”. O salmista pede a Deus que intervenha, vindo em socorro da sua vinha abandonada negligenciada por maus agricultores.

E concluímos com a segunda leitura. Onde temos a continuação da carta aos Filipenses. São Paulo nos dá algumas indicações morais acerca da vida em comunidade, e convida a todos a aderirem ao Senhor de modo coerente e pleno. Mais do que “evitar o mal”, somos convidados a “praticar o bem”. Assim, em suas palavras: “ocupai-vos de tudo que é verdadeiro, respeitável, justo puro, amável, honroso, tudo que é virtude ou de qualquer modo mereça louvor”. Os frutos que Deus espera de nós são esses. No último dia, nós seremos julgados não apenas pelo mal praticado. Mas pelo bem que nós deixamos de fazer. A isto chamamos de “pecado por omissão”. Deus nos chama hoje a lutarmos pelo seu Reino de amor justiça e paz que começa aqui entre nós.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s